Publicidade

CAMISETAS PSBILLONARTES

CAMISETAS PSBILLONARTES

PROGRAMA SHOW NA TELA

PROGRAMA SHOW NA TELA
SHOW NA TELA

Publicidade

CAMISETAS PSBILLIONARTES

CAMISETAS PSBILLIONARTES

PROGRAMA SHOW NA TELA

PROGRAMA SHOW NA TELA
SHOW NA TELA

Pesquisar este blog

Depois de cinco horas e trinta minutos de júri justiça condena a 12 anos de prisão José Luís Ribeiro acusado de um crime em dezembro de 2014.



Com três advogados nomeados pelo estado que foram: Dr. Rômulo, Dr. Juarez e Dr. Junior, sentou-se nesta manhã de sexta-feira (17) no banco dos réus o jovem José Luis Ribeiro o “Zezim”. Sobre ele pesa o crime de assassinato do jovem José Carlos Melo, irmão da proprietária do Bar Pé de Manga Cinely Melo, o júri foi tranqüilo com a presença de parentes da vitima e durou menos de 06 horas de julgamento, no júri os familiares da vítima vieram todos, entre irmãos irmãs e cunhadas, do lado do acusado veio apenas a mãe dele, que sentou-se em um local humildemente recuada.


O crime ocorreu em dezembro de 2014 na madrugada de domingo (14), na localidade BR 226 próximo ao antigo Clube Trevão. No julgamento que começou as 07h15min da manhã, as testemunhas foram dando sua versão de acordo com o que viram acontecer naquela madrugada de domingo (14) de dezembro de 2014.

.


Deram depoimentos perante a justiça o segurança da festa, o irmão da vitima, a proprietária da barraca de comida e o próprio acusado, que confirmou segundo o Ministério Público o que as testemunhas já tinham dito, com o depoimento de Zezim, os advogado de defesas viram que praticamente o jovem alto se condenou, ou seja, confirmou ser culpado. Na medida em que ele mesmo disse ter fincado a faca na vítima sem dar chances de defesas a ela.

Em sua esplanada dos fatos debatidos, o Ministério Público na pessoa do Dr. Crystian Gonzalez Boucinhas, disse que: O acusado só confirmou em sua fala o que as testemunhas já tinham dito, quando o mesmo teria falado que desferiu a facada em José Carlos, sem dar chances de defesa. Promotor ainda disse que o próprio acusado narrou, que no momento em que abordou a vitima dizendo vamos resolver isso agora, no mesmo instante em que a vítima se levantava o acusado deferiu a facada, o MP considerou que tudo foi muito rápido, de um modo inesperado pela vítima e, segundo o promotor a vítima em momento algum foi encontrada com arma, que o corpo foi levado e nada de arma foi encontrada com a José Carlos. O motivo do crime foi devido uma rixa que ocorreu há um ano atrás antes do crime relembrou o promotor de justiça.


Em sua fala o advogado de defesa Rômulo Orquiza, declarou que os jurados iriam votar não pelo convencimento do promotor de justiça, mas pelos princípios morais e éticos que cada jurado carrega e, que cada um em casa possa dormir tranquilamente de acordo com a justiça julgada de cada um. O advogado enfatizou que o réu agiu em legitima defesa, não por reação da vítima, mas por se sentir todo instante ameaçado tendo em vista que a rixa de um ano pode ter ocorrido ameaças como citou o acusado em seu depoimento, o advogado declarou que a própria vitima se culpou quando demosntrou-se está ali para que fosse julgado, para que se faça justiça em que ele pudesse pagar pelo crime que cometeu.

Depois de ouvir atentamente cada um o Juiz Dr. Fernando Jorge pediu a retirada da platéia por alguns minutos para a votação dos jurados. Logo após a votação todos foram chamados de volta e de frente para o juiz José Luis Ribeiro o “Zezim” ouviu a sentença.


Nos tramites da justiça de acordo com o pensamento lúcido e com o depoimento de cada testemunha e do réu, o júri composto de 07 pessoas representando a população da cidade, deu seu parecer. O juiz leu a sentença e condenou José Luís Ribeiro a 12 anos de prisão em regime fechado por crime qualificado, ficando por conta da justiça decidir onde será o cumprimento da pena. A justiça ainda anunciou que o réu terá que pagar uma indenização de R$ 6.000 (seis mil reais) à família da vítima.

Em entrevista a este blog o advogado de defesa de José Luís Rômulo Orquiza disse que: “O júri foi de forma positiva e que o  condenado se dispôs a pagar pelo erro que ele cometeu e a função do advogado mesmo que nomeados é promover justiça. Considero uma decisão justa sensata e espera que outros julgamentos sejam justos como este que ocorreu nesta sexta-feira (17)”. Declarou o advogado.

Rômulo falou sobre a indenização de R$ 6.000 (seis mil reais) a ser pago à família da vítima pelo réu. De acordo com o advogado, a legislação estipula essa pena de multa por causa do crime doloso contra a vítima, que a intenção não é pagar a família da vítima pelo dano causado, mas, que o réu possa pagar no momento em que o réu tiver possibilidade de pagar.

Em sua fala o representante do Ministério Público Dr. Crystian Gonzalez disse que foi feito justiça e, que a versão dos autos foi apresentada à justiça e aos jurados com intenção de fazer os jurados entender que haveria a necessidade de justiça. Sobre o fato de José ter praticamente se entregado em seu depoimento o promotor disse que; O acusado confessou, pois foi um crime presenciado em via pública e que dificilmente ele não poderia apresentar uma tese diferente e que a sua confissão só comprovou o que as testemunhas traziam aos autos do processo, finalizou.

Em seu gabinete o Juiz da comarca de Grajaú Dr. Fernando Jorge enfatizou que o júri foi feito na mais absoluta normalidade e que, todo cuidado foi tomado para que ocorresse na maior tranqüilidade que o júri começou sedo e terminou sedo. Sobre o valor da indenização o Juiz disse que a questão das condições do réu foi avaliada e por isso este valor baixo foi citado, segundo o juiz uma vida não vale seis mil reais e nenhum outro valor em dinheiro, mas, isso não impede que os familiares da vítima busque a justiça cível pedindo uma indenização criminal.
O Juiz falou da Semana Nacional do Júri, onde todo o país está engajado nos crimes praticados contra as vidas, e que na vara de Grajaú existiam apenas dois processos prontos para julgamentos que foram o de um crime de 2006 onde nesse crime foi executado o jovem Mauro Messias Pereira e que o acusado conhecido como “Derlan” foi absolvido. E este crime de dezembro de 2014, onde José Luís teria executado José Carlos, de acordo com Dr. Fernando os processos foram julgados definitivamente de acordo com a justiça de primeiro grau.

Dr. Fernando disse que a agilidade nestes processos é para que a população reconheça que a justiça trabalha e trabalha na lei, ele disse que o processo desta sexta-feira (17) é um crime que não tem recurso, já o de 2006 a policia terminou seus trabalhos em 2008 o MP concluiu também em 2008 e foi julgado, mas teve recurso onde o MP recorreu e por isso teve uma demora.

Dr. Fernando disse que a justiça trabalha com seus recursos e finalizou que essa aceleração dos processos na Semana Nacional do Júri ocorre em todo o país e, que tudo isso é em prol da sociedade de Grajaú para que ambos vejam que a justiça prevalece, finalizou.


O irmão da vítima Antonio Carlos Melo, concedeu entrevistas ao De Olho em Grajaú. Disse que estava feliz satisfeito em nome da família, pois ele foi um dos que mais sofreu e ainda sofre com a perca do irmão “Gêmeo” José Carlos Melo, mas que agora está satisfeito que a pena de 12 anos já é o suficiente para pagar pelo crime que foi cometido. Ele disse que seu irmão não será trazido de volta, mas já que houve essa sentença pelo menos ameniza a dor que todos sentiam e sentem que isso é uma sensação de que a justiça cumpriu sua parte.

 

























0 comentários:

MAIS POPULARES.

LOJA INFORWORK INFORMATICA.

TORRES CONSTRUÇÕES

TORRES CONSTRUÇÕES
AV. Hilton Nunes nas proximidades da reseidência do Sr. José das Graças, via de acesso ao terminal Rodoviário.

PAPELARIA ABC

PAPELARIA ABC
Completo sortimentos em material escolar e escritório em geral e informática.

MOTO SHOW PEÇAS E ACESSÓRIOS

MOTO SHOW PEÇAS E ACESSÓRIOS
AV. Amaral Raposo N° 826-A BR 226 Bairro Canoeiro Fone (99) 3532 8481

DRª CLÁUDIA CRISTINA C. CARVALHO

DRª CLÁUDIA CRISTINA C. CARVALHO
FONE (99) 3532 6131

ALEXANDRE CABELEIREIRO

ALEXANDRE CABELEIREIRO
Centro de Grajaú próximo ao Posto Vitorino Freire.

PIZZARIA ESPERANÇA

PIZZARIA ESPERANÇA
AVENIDA HULTON NUNES RODOVIÁRIO.

BABBALOO CABELEIREIRO

BABBALOO CABELEIREIRO
Localizado na Rua da Mangueira.

..

..
.

CHAVES TATTOO NOVO ENDEREÇO.

CHAVES TATTOO NOVO ENDEREÇO.
No Chaves Tattoo Studio sua imaginação vira arte, estamos localizados em novo endereço Rua Humberto de Campos no Bairro Canoeiro nº 173 A telefones (99) 99186-9614. aceitamos todos os Cartões. Grajaú-MA

TODOS OS TIPOS DE DESENHOS PARA SEU CORPO, TUDO HÁ SEU GOSTO.

TODOS OS TIPOS DE DESENHOS PARA SEU CORPO, TUDO HÁ SEU GOSTO.
.