Publicidade

Publicidade

Pesquisar este blog

Indígenas protestam durante discurso do Governador em Jenipapo dos Vieiras.

Tudo indica que o governador do Maranhão continua tendo dificuldade de se comunicar com os índios. Talvez tenha assessorias pouco qualificadas. Algumas lideranças indígenas presentes ao discurso do executivo estadual, hoje, em Jenipapo dos Vieiras, encaminharam-me um áudio contendo trechos da fala dirigida aos índios acolá presentes. Uma parte me chamou a atenção. Ele cita um sequestro de uma funcionária de 50 anos na sua missão de entregar merenda escolar a uma escola. O governador se omite em explicar a causa do ocorrido. Parece desconhecer as falcatruas que os diretores das escolas estaduais encarregados na aquisição e prestação de contas da merenda escolar cometem rotineiramente. É só perguntar aos seus advogados que acompanham as inúmeras denúncias para saber o tamanho das falcatruas. 

Não se nega, aqui, que não haja havido cumplicidade com alguns espertinhos indígenas, e em conluio com comerciantes locais! Trata-se, isso sim, de utilizar um pouco mais de honestidade e de autocrítica em admitir, também, as inúmeras falhas governamentais no trato com seletivos, transporte escolar, merenda escolar, material didático, formação continuada para os quase 900 professores, etc. Não é conveniente nem política, nem didaticamente atacar o conjunto do corpo docente indígenas, suas escolas e organizações repetindo a mesma ‘anedota’ do sequestro simbólico da funcionária, diga-se de passagem, ocorrido 2 anos atrás, e ampliando-a ao infinito para todas as 280 escolas indígenas do Estado do Maranhão. 



Não é conveniente, prezado governador, utilizar ‘justificativas legais’ para a não realização  do seletivo em tempos hábeis, não como agora, em abril! Todo ano é a mesma cacofonia. Se a atual lei que normatiza a realização de seletivos para aprovação e contratação de professores em escolas indígenas e/ou quilombolas é inadequada, que se mude a lei! O senhor governador tem maioria na assembleia e proceda para que se faça uma lei que dê segurança UMA VEZ POR TODAS aos profissionais e aos alunos indígenas. Havia escolas indígenas que, apesar desses atrasos, ao chegar o período escolar começavam as aulas, mesmo recebendo seus salários super atrasados. Agora não mais, pois não têm garantia alguma de que serão confirmados ou contratados e, consequentemente, de serem indenizados pelas aulas que deram no momento adequado.

 Enfim, o que não pode mais existir, senhor governador, é:
1.    Que se façam seletivos em abril por questões legais, sem adaptar legalmente os prazos. Ou, pior, realizar seletivos parciais em setembro, como ocorreu no ano passado, mudando as regras do jogo durante o partido!

2.    Que se prometa a construção e/ou reforma de 93 escolas indígenas ao longo de quatro anos, e não ver depois de dois anos e meio sequer a manutenção ordinária daquelas escolas indígenas que são ou que poderiam ser referência no Estado.
3.    Que a distribuição da merenda escolar continue sofrendo desvios e superfaturamentos por causa da irresponsabilidade de diretores de escolas estaduais encarregados formalmente para isso, e que acabam fatalmente comprando a cumplicidade de comerciantes locais e de alguns índios. 

4.    Que se publique em twitter governamental que ' agora sim a merenda escolar indígena está em dia...' mas que se ignore que somente em 6 escolas indígenas existem cantinas, cozinhas mínimas e espécie de refeitórios aparelhados. Nas demais 280 escolas indígenas a merenda, quando entregue, é distribuída no mesmo dia para as famílias, pois não tem onde guardá-la ou prepará-la.

Só isso, por enquanto! Esqueci, governador: não pegue isso como ataque pessoal, mas como contribuição para o senhor acertar..



0 comentários:

MAIS POPULARES.

EM PLENO FUNCIONAMENTO A NOVA UNIFARMA.

EM PLENO FUNCIONAMENTO A NOVA UNIFARMA.
AV: José Rodrigues da Costa N° 103 Bairro Canoeiro Fone: (99) 3532 7179

NOVAS INSTALAÇÕES, ATENDIMENTO ESPECIAL.

NOVAS INSTALAÇÕES, ATENDIMENTO ESPECIAL.

TORRES CONSTRUÇÕES

TORRES CONSTRUÇÕES
AV. Hilton Nunes nas proximidades da reseidência do Sr. José das Graças, via de acesso ao terminal Rodoviário.

PIZZARIA: EM NOVO ENDEREÇO, BR 226 AO LADO DO HOTEL CONFIANÇA.

PIZZARIA: EM NOVO ENDEREÇO, BR 226 AO LADO DO HOTEL CONFIANÇA.
Entrega Domicilio.Entre em contato pelos telefones e peça já a sua. (99) 8165 1020, (99) 8437 4473, (99)9120 8333, (99)8837 2398.

PIZZA DE TODOS OS SABORES

PIZZA DE TODOS OS SABORES

PAPELARIA ABC

PAPELARIA ABC
Completo sortimentos em material escolar e escritório em geral e informática.

MOTO SHOW PEÇAS E ACESSÓRIOS

MOTO SHOW PEÇAS E ACESSÓRIOS
AV. Amaral Raposo N° 826-A BR 226 Bairro Canoeiro Fone (99) 3532 8481

DRª CLÁUDIA CRISTINA C. CARVALHO

DRª CLÁUDIA CRISTINA C. CARVALHO
FONE (99) 3532 6131

ALEXANDRE CABELEIREIRO

ALEXANDRE CABELEIREIRO
Centro de Grajaú próximo ao Posto Vitorino Freire.

PIZZARIA ESPERANÇA

PIZZARIA ESPERANÇA
AVENIDA HULTON NUNES RODOVIÁRIO.

BABBALOO CABELEIREIRO

BABBALOO CABELEIREIRO
Localizado na Rua da Mangueira.

..

..
.

FIQUE EM FORMA

FIQUE EM FORMA
Bairro de Fátima às margens da BR 226

CHAVES TATTOO NOVO ENDEREÇO.

CHAVES TATTOO NOVO ENDEREÇO.
No Chaves Tattoo Studio sua imaginação vira arte, estamos localizados em novo endereço Rua Humberto de Campos no Bairro Canoeiro nº 173 A telefones (99) 99186-9614. aceitamos todos os Cartões. Grajaú-MA

TODOS OS TIPOS DE DESENHOS PARA SEU CORPO, TUDO HÁ SEU GOSTO.

TODOS OS TIPOS DE DESENHOS PARA SEU CORPO, TUDO HÁ SEU GOSTO.
.