Publicidade

CAMISETAS PSBILLONARTES

CAMISETAS PSBILLONARTES

Publicidade

CAMISETAS PSBILLIONARTES

CAMISETAS PSBILLIONARTES

Pesquisar este blog

Áudio das conversas do prefeito de Porto Franco subornando vereadores vaza e a situação se complica


No áudio, os parlamentares Nalva Veras, Rubens Sá, Felipe Aguiar (oposição), Elias Pastinha, Semeão Sobral Vilela, e Gedeon Gonçalves, o Amigão (governo), e o prefeito Nelson conversam sobre como o repasse de dinheiro será feito.
Na ocasião, o prefeito chega a perguntar para um dos vereadores se ele conhece alguma professora, pois o montante, acordado entre eles, poderia ser pago com recurso do Fundeb – Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação.
Na conversa, fica clara intenção de Nelson em cooptar os parlamentares para que esses atuem prol dele na Câmara Municipal.
Os vereadores Nalva Rubens e Felipe denunciaram o crime cometido pelo gestor ao Ministério Público, que deverá abrir um procedimento para investigar a conduta ilícita de Nelson. (relembre)


Leia a conversa a seguir:

“Então tá fechado? Pois fica entre nós a negociação aqui. Vou ver a data e passo amanhã eu ligo, que aí meu amigo dá R$ 18 mil”, confirma o gestor de Porto Franco.
“E a nossa conversa é outra né?”, pergunta Nalva ao prefeito Nelson; o gestor responde: “e ainda tem mais ainda? Sim diz aí!”

A vereadora retruca: “Diz aí moço, você que é o …”; e Nelson dá resposta negativa: “– não, eu não!”

O parlamentar Felipe entra na conversa. “Nem milzinho a mais aí?”, questiona. E o prefeito responde: “Deixa eu olhar aqui, esse teu eu posso botar na conta da tua mulher?”
O vereador propõe que o dinheiro seja colocado na conta de seu pai. “Tenho do meu pai, pode botar não?”

A parlamentar Nalva dá outra alternativa de conta bancária para que o montante seja depositado: “tem a Fernanda!”
E o prefeito conjectura:“se tivesse professora…”. E Nalva confirma: “pois é!”

Em seguida, Nelson explica o porque a depositar o repasse na conta de alguma professora seria melhor: “é? Por que pra fazer de outro jeito vai ter que pegar nota, pegar dinheiro ….por isso a do professor … entendeu ?“. E ele continua: “sim , tu diz pra ele que eu vou botar 30 que ai no caso vai descontar 27,5% do imposto”.

Felipe questiona quando cairá o pagamento, já que iria fornecer a conta do pai: “daí na época que cai o salario dele , cai junto ? por que os contratos é primeiro né?”

E o prefeito diz quando o repasse vai cair e estipula um prazo para o fornecimento dos números da conta bancária. E, em seguida, volta ao assunto da professora: “é o quinto dia útil (Inaudível), aí semana que vem tem que me passar, até semana que vem viu? Se tu pudesse ter duas professoras…”

Em outro trecho do áudio, a vereadora conversa com o prefeito sobre alguém que tem um cargo de técnico de engenharia: “(Inaudível) ele é técnico de engenharia, mas o cargo dele foi esse”, afirma Nalva. “O dele é como se fosse uma assessoria”, explica Nelson.

E o assunto continua e Nalva diz: “mas mesmo assim, auxiliar de engenharia é dois mil a média”. E o prefeito do Porto Franco volta a tocar no caso das professoras: “se pudesse colocar as professoras seria melhor pra mim, porque é do FUNDEB”.

O vereador Felipe afirma que Eura, que possivelmente é profissional da educação, é amiga de Nalva: “a Eura é tua amiga”. E o gestor questiona: “a Eura não pega não?” E a vereadora diz que não.

Nelson diz que a Eura é adjunta: “ela é adjunta (Inaudível)”.
Com a dificuldade de encontrar meios para fazer o depósito do dinheiro, o gestor explica o imbróglio: “o problema do dinheiro é o seguinte: eu posso tirar do ICMS do FPM e jogar na educação, mas não posso pegar da educação e jogar em outro”.

E Nalva confirma: “eu sei!” O Felipe pergunta: “FUNDEB é só pago educação?” Nelson responde: “é! só 60% é só professor.”

Nalva: “60%“. O prefeito de Porto Franco fala: “é o que ITACY recebia, ITACY recebia dos 60%” A vereadora pergunta incrédula: “É?” E o gestor detalha: “É! Setor de compras do FUNDEB, FUNDEB 60%. Tá no contra cheque dele. Os cara tão pensando que esse negocio de fantasma não deu nada, que não deu?”

Diante do diálogo acima, fica explícita a negociação de compra de vereadores conduzida pelo prefeito de Porto Franco.


0 comentários:

MAIS POPULARES.

LOJA INFORWORK INFORMATICA.

TORRES CONSTRUÇÕES

TORRES CONSTRUÇÕES
AV. Hilton Nunes nas proximidades da reseidência do Sr. José das Graças, via de acesso ao terminal Rodoviário.

PAPELARIA ABC

PAPELARIA ABC
Completo sortimentos em material escolar e escritório em geral e informática.

MOTO SHOW PEÇAS E ACESSÓRIOS

MOTO SHOW PEÇAS E ACESSÓRIOS
AV. Amaral Raposo N° 826-A BR 226 Bairro Canoeiro Fone (99) 3532 8481

DRª CLÁUDIA CRISTINA C. CARVALHO

DRª CLÁUDIA CRISTINA C. CARVALHO
FONE (99) 3532 6131

ALEXANDRE CABELEIREIRO

ALEXANDRE CABELEIREIRO
Centro de Grajaú próximo ao Posto Vitorino Freire.

PIZZARIA ESPERANÇA

PIZZARIA ESPERANÇA
AVENIDA HULTON NUNES RODOVIÁRIO.

BABBALOO CABELEIREIRO

BABBALOO CABELEIREIRO
Localizado na Rua da Mangueira.

..

..
.

CHAVES TATTOO NOVO ENDEREÇO.

CHAVES TATTOO NOVO ENDEREÇO.
No Chaves Tattoo Studio sua imaginação vira arte, estamos localizados em novo endereço Rua Humberto de Campos no Bairro Canoeiro nº 173 A telefones (99) 99186-9614. aceitamos todos os Cartões. Grajaú-MA

TODOS OS TIPOS DE DESENHOS PARA SEU CORPO, TUDO HÁ SEU GOSTO.

TODOS OS TIPOS DE DESENHOS PARA SEU CORPO, TUDO HÁ SEU GOSTO.
.